NEW BLOG

http://wtongue.blogspot.pt/ I have a new fashion blogue. follow me.

Denis Gagnon Spring/Summer 2013


Acho que está na hora de voltar ao blogue. Esta minha ausência não se justifica, simplesmente, de alguma forma, o mundo blogueiro deixou de ter interesse.Acho que só há lixo. Mas estou de volta e vou continuar a mostrar a todos vocês um bocadinho do que sempre vos mostrei.

Bem, sei que ainda faltam uns largos meses para a próxima estação Spring/Summer, mas não podia deixar de vos mostrar uma das coleções que mais gostei.

A coleção é de Denis Gagnon, designer Canadiano que desde 1988 começou a trabalhar em moda. Esta coleção foi inspirada pela capacidade de identidade e diversidade da moda. Não é normal vermos, numa coleção de verão, cores tão neutras, tais como o preto e o branco. Eu adoro. Para mim deviam ser as cores dominantes de todas as coleções, quer fossem de inverno ou de verão.

Algumas destas peças são justas ao corpo, outras não. Ele fez esta diferença para que cada peça se adapte a quem as use,a cada corpo que as vista e a cada personalidade para que cada um de nós se identifique com qualquer uma das peças criadas.

Fiquem com a coleção e espero que gostem tanto o quanto eu gostei! 

 










Entrevista a Janine Dias

Há algum tempo que não me dedicava ao blogue.Mas há momentos em que não nos apetece publicar nada, ou porque nos faltam ideias ou simplesmente por preguiça.
Decidi fazer esta entrevista porque acho que a modelo em causa tem um grande potencial! Adoro todas as suas fotografias. Consegue-nos mostrar serenidade e calma com a sua expressão. Para mim é um "mini-fashion icon" que deveria ter muito sucesso! Muito obrigado à Janine Dias que se mostrou logo disponível para responder a todas as minhas questões. 


Nome: Janine Dias
Idade: 20 anos
Nacionalidade: Portuguesa



Medidas: 

Altura: 160cm
Busto: 80cm
Cintura: 63cm
Ancas: 89cm
Sapato: 36



Há quanto tempo te apercebeste que a moda faz parte da tua vida?
Eu apercebi-me aos poucos. Quando tinha 15 anos tive a oportunidade de ajudar uns familiares nos trabalhos finais de curso, que foram duas sessões fotográficas. A partir daí recebi boas críticas e vi que até era fotogénica. Entretanto, comecei a receber convites de sessões para portefólio de outros fotógrafos e com a ajuda deles fui evoluindo e desenvolvendo o meu próprio portefólio. 


Achas que um modelo para singrar na moda tem que ter as medidas pretendidas? Ou basta ter atitude e confiança?
Este assunto ainda é algo que me deixa um pouco em baixo. Se repararem eu meço 160cm, o que, teoricamente, é muito pouco para esta indústria.Deveria medir pelo menos 170cm. Estas medidas revoltam-me um pouco mas consigo compreender. Revoltam-me porque penso que uma modelo baixa consegue ter fotos tão boas como uma modelo alta. Na fotografia consegue-se disfarçar a altura, e penso que o mais importante é transmitir uma mensagem na fotografia. E compreendo porque existe muita gente que quer entrar nesta área, tem que haver escolhas. E também percebo que, por exemplo, em desfiles os manequins tnenham de ser altos pois é mais fácil usarem as roupas. 



És mulher, por isso imagino que tenhas alguns cuidados com o teu corpo, com o cabelo e pele, que cuidados são esses? Achaste muito obcecada pelo aspeto físico?
Já fui mais obcecada com o meu aspeto físico, tive uma fase em que era muito magra e precisei de ajuda para conseguir engordar. Não tenho tendência para engordar, costumo fazer é dietas para conseguir. Dizem que as modelos têm de ser super magras, algo que estou contra. As modelos têm de ser saudáveis, têm de ter esse aspecto. Não tenho grandes cuidados com o meu corpo, tento ter uma alimentação equilibrada para não emagrecer. Quanto ao cabelo apenas o corto várias vezes. E quanto à pele coloco creme hidratante todos os dias e uso pouco ou quase nenhuma maquilhagem. Quando uso, antes de ir dormir retiro-a sempre. 



Mais tarde gostarias de ir para alguma das capitais da moda?

Fazer da moda o meu trabalho é o meu objectivo principal, é um dos sonhos que tenho. É algo que está na minha cabeça e sim , gostava de me mudar para um local onde a moda fosse mais do que o que é aqui em Portugal e empenhar-me só nisso. Mas não sei se algum dia vai passar à realidade por causa da minha altura. 


Já vi alguns trabalhos teus, todos te dão o mesmo prazer a fazer ou houve algum que tenhas gostado em especial?
Todos os trabalhos que faço dão-me sempre prazer. Porque conheço novas pessoas com novas opiniões sobre a moda e dicas sobre a fotografia. Mas o último trabalho que fiz com o Élio Nogueira foi dos que gostei mais, porque foi na praia e senti-me mesmo confortável e livre, senti-me eu.



Tens algum fotógrafo favorito?
Neste momento posso dizer que estou a gostar muito do trabalho do Élio Nogueira. Já fiz cinco editoriais com ele e cada vez que vejo os trabalhos dele noto uma evolução enorme, tanto no styling, na make-up, nas ideias, vejo um gosto e um empenho pela moda e fotografia gigante. Ele próprio é super versátil, faz trabalho de todos os estilos. Para não falar da maneira de ser dele, é super simpático e divertido. Deixa as modelos à vontade, e tenta sempre fazer algo ao gosto dele e da modelo. Estou a acompanhar o trabalho dele com muito orgulho.



Achas que agora a carreira de modelo te poderia dar um futuro estável?
Eu sou uma pessoa com os pés muito assentes na Terra. Sei que por não ter as medidas que a indústria pede não poderei ir muito longe nesta carreira. Mas também sei que se mudassem estas formas de pensar conseguiria fazer um bom trabalho, conseguiria atingir para além do que me era pedido. Tenho muito empenho e capacidades para aprender. Mas o mais importante é que tenho um enorme gosto e respeito pela fotografia.



Deixa uma mensagem para todas as aspirantes a modelo que estão a ler esta entrevista.
Apenas vos digo para terem cuidado com as pessoas com que falam e que marcam trabalhos. Há muita boa gente, mas também há pessoas que se querem aproveitar. Eu, para já, tive a sorte de conhecer só boa gente. Mas sempre que ia a alguma sessão levava alguém comigo para me sentir mais segura. Outro aspecto a ter cuidado são as agências que vos pedem entre 600€ a 800€ para um book, que é absolutamente ridículo. Um book não tem esse preço nem de perto, informem-se com pessoas da área. Não se deixem enganar J








Men's trends F/W 2012 - Lacoste

A Lacoste é uma excelente marca para todos os amantes de desporto. Nesta nova temporada que já está bem perto a Lacoste surpreendeu-me com uma coleção casual e, a meu ver, muito confortável. Nesta coleção o objectivo não é fazer o homem destacar-se, aliás esta coleção está direcionada para quem gosta de passar despercebido. Mas mesmo sendo uma coleção simples não significa que fuja às tendências.
A marca nesta estação deixou de parte os casacos de couro que tanto se usam. No entanto as camisolas de malha estão no topo desta coleção, tal como os casacos casuais. Vejam : 








Podemos ver que deixamos as cores fortes para darmos lugar às cores mais sóbrias e mais usuais desta estação. Nesta coleção não vemos estampados nem looks monocromáticos mas vamos tê-los neste inverno! O padrão militar é também uma das grandes apostas para este inverno. O que acham dele? Na próxima mensagem vou falar-vos um pouco sobre isso.   

Fiquem atentos ao blogue.